1915626_932341060195814_5343640029798908656_n

    Em processo de instalação na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, localizada em Nísia Floresta, os bloqueadores de rede celular só deverão ser migrados para outros centros penitenciários do Rio Grande do Norte no próximo ano.

    Quem garantiu a informação foi o secretário de Justiça e Cidadania do Estado, Wallber Virgolino. Ao Portal Agora RN, o delegado destacou que o processo de instalação em Alcaçuz segue dentro da normalidade e deverá ser concluído muito em breve, mas que novas penitenciárias só receberão o serviço em 2017.

    A justificativa dada pelo secretário foi a de que o orçamento destinado para estes serviços se esgotou com a instalação na maior penitenciária do Estado, uma vez que também já haviam sido destinados para o primeiro processo, ocorrido no presídio de Parnamirim (PEP).

    Até o momento, nenhuma represália por parte de bandidos foi realizada devido aos serviços em Alcaçuz, muito embora as forças policiais tenham se preparado para possíveis novos ataques.

    AgoraRN

    comentarios