22 de abril de 2015 - Ministro do Turismo Henrique Eduardo Alves participa da abertura da World Travel Makert Latin American.

Foto: Thamyres Ferreira/MTur

    A Justiça Federal do Rio Grande do Norte concedeu na noite desta quinta-feira (12) liberdade ao ex-ministro e ex-deputado federal Henrique Eduardo Alves. A decisão foi proferida pelo juiz Francisco Eduardo Guimarães Farias, da 14° Vara Federal de Natal. Ele estava em prisão domiciliar desde maio.

    A decisão saiu dias após Henrique prestar depoimento no processo da Operação Manus, que apura desvio de recursos na construção da Arena das Dunas. O ex-ministro é acusado de ter sido beneficiado com a obra. Ele negou as acusações à Justiça Federal.

    Henrique Alves foi preso em junho de 2017 e cumpriu pena até maio deste ano na Academia de Polícia do estado, em Natal, em virtude da operação Sépsis, que investiga um suposto esquema de propinas no financiamento do Fundo de Investimento do FGTS (FI-FGTS). No dia 3 de maio, a Justiça Federal do Distrito Federal encaminhou a liberdade do ex-ministro.

    comentarios