3a83088b126f44cd80335113145a7977

    O polo Universitário Dr. Ruy Pereira dos Santos, ligado à Universidade Aberta do Brasil (UAB) em São Gonçalo do Amarante, disponibiliza cursos de graduação nas áreas de Matemática, História, Letras (espanhol) e Licenciatura em informática; além de pós-graduação com especialização em Metodologia do ensino da matemática. Os cursos são oferecidos em parceria com a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria de Educação (SME) junto a UFRN, UFERSA, UERN e IFRN. A unidade é referência no ensino à distância e funciona em regime semipresencial e à distância.

    Com intuito de formar novos profissionais para atuarem no município, a Secretaria Municipal de Educação pretende atuar nas escolas de ensino médio, realizando divulgação, mostrando a estrutura e apresentando os cursos oferecidos. O objetivo da ação é fazer com que mais pessoas conheçam o polo e busquem ingressar nos cursos.

    20150910_110113

    Além da divulgação nas escolas, a secretaria pretende inserir os professores da rede municipal nos cursos de pós-graduação. Diante disso, a ideia é que, quando as parcerias com as universidades forem firmadas, a secretaria consiga destinar vagas específicas para os docentes, além de buscar novos cursos para atender a demanda do município.

    José Francisco da Costa, professor do município, lembra que o polo é de grande relevância para a cidade. “Esse polo é um dos mais importantes da grande Natal, atendendo não apenas São Gonçalo do Amarante, mas cobrindo também outros municípios além da região metropolitana”, disse.

      3a83088b126f44cd80335113145a7977

      PMs e policiais civis de São Gonçalo do Amarante encontraram, enterrado às margens da Avenida Litorânea, entre as praias de Santa Rita e Redinha, na Zona Norte de Natal, o corpo de um homem que acredita-se ser do empresário Lourenço Salvino da Silva, de 51 anos, desaparecido desde o dia 27 de março. O corpo estava em uma área de dunas, no terreno de uma casa.

      Quem indicou o local onde o corpo estava enterrado foi uma adolescente de 17 anos apreendida na manhã desta sexta (13) e que confessou ter participado do roubo do carro do empresário e sumiço dele. “Além disso, ela revelou que uma amiga e dois homens também participaram do crime, mataram e enterraram o empresário”, afirmou o delegado Marcelo Aranha, da delegacia de São Gonçalo do Amarante. A PM e a Polícia Civil fazem buscas pelos suspeitos, que já foram identificados.

      Ainda de acordo com o delegado, o empresário foi vítima de uma emboscada. Ele foi chamado pela adolescente até a casa de praia. Quando o empresário chegou, a adolescente e essa amiga, que também estava na casa, chamaram os dois homens para assaltá-lo. Foi quando ele foi assassinado, provavelmente a facadas. Roubaram o celular e dinheiro dele. Depois, enterraram o corpo no terreno da casa e se desfizeram do carro”, acrescentou Aranha.

      3a83088b126f44cd80335113145a7977

        Termina no próximo domingo, 15, o prazo para os candidatos ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pedirem a isenção da taxa de inscrição da prova. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) espera que cerca de 4 milhões de pessoas peçam a isenção da taxa neste ano.

        Em 2018, o Enem completa 20 anos e pela primeira vez o pedido de isenção da taxa é feito antes do período de inscrição. Também pela primeira vez, os candidatos que tiveram a isenção no ano passado e faltaram aos dois dias de prova terão que justificar a ausência para ter a gratuidade novamente.

        Se a solicitação de isenção for negada, ainda é possível recorrer da decisão, na Página do Participante, entre os dias 23 e 29 de abril. A aprovação da isenção da taxa de inscrição não significa que o participante já está inscrito no Enem 2018. As inscrições deverão ser feitas das 10h do dia 7 de maio às 23h59 de 18 de maio deste ano, pelo site do Enem.

        Quem tem direito à isenção

        • Quem está cursando a última série do ensino médio neste ano em escola da rede pública
        • Quem cursou todo o ensino médio em escola da rede pública, ou como bolsista integral na rede privada, e tenha renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio
        • Quem declarar situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)
        • Quem fez o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja) do ano passado, que tenha atingido a nota mínima.
        3a83088b126f44cd80335113145a7977

          O Artigo 4º do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) define que “É dever da família, da comunidade, da sociedade em geral e do poder público assegurar, com absoluta prioridade, a efetivação dos direitos referentes à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao esporte, ao lazer, à profissionalização, à cultura, à dignidade, ao respeito, à liberdade e à convivência familiar e comunitária”.

          O Conselho Tutelar é um órgão autônomo, independente e não jurisdicional, que atua no combate a violação desses direitos. Ainda segundo o ECA, o não cumprimento desses deveres também podem se caracterizar “pela ação e omissão da sociedade ou do estado; pela falta, omissão ou abuso dos pais ou responsáveis e ainda por ato infracional do menor”.

          De acordo com o Estatuto, cada cidade deve possuir pelo menos uma unidade do Conselho Tutelar atuando sempre em sinergia com a administração pública local. Em São Gonçalo do Amarante, o Conselho está vinculado a Secretaria Municipal do Trabalho, Assistência Social e Cidadania (SEMTASC).

          Com cinco conselheiros, a unidade atende em média 100 denúncias por mês; a maioria relacionada a abuso sexual, maus tratos, agressões físicas e/ou psicológicas. Mas vale lembrar que o Conselho Tutelar não se restringe apenas a esses casos. Eles podem atuar também no que diz respeito à garantia de vagas em escolas, no apoio e promoção da família, da criança e do adolescente e na requisição de tratamentos psicológicos, por exemplo.

          Existem várias formas de realizar uma denúncia: diretamente na unidade do Conselho Tutelar, ligando para o número (84) 3278-2267 ou para o disque 100 (Direitos Humanos), que atende à demanda nacional e funciona 24hs. Através dele, as denúncias são enviadas para o Conselho Tutelar mais próximo. Quem faz a denúncia pode optar pelo anonimato.

          Feita a denúncia, os conselheiros atuam averiguando sua procedência. Caso seja comprovada a violação dos direitos, o Conselho realiza os encaminhamentos necessários. O Presidente do Conselho Tutelar em São Gonçalo, Robson Marinho, lembra que o órgão funciona como um ‘ponto de partida’ para requisição de serviços. “Nós temos o cuidado de orientar a população para que todos saibam que nós não executamos serviços, nós requisitamos. Ou seja, quando recebemos uma denúncia, procuramos quem melhor pode resolvê-la, e então encaminhamos. Quando essas denúncias são de natureza grave, por exemplo, elas são encaminhadas diretamente ao Ministério Público”, disse.

          A unidade do Conselho Tutelar municipal funciona de segunda à sexta, das 8 às 17hs, na Rua Prefeito Poti Cavalcanti, 64, centro.

          Se você conhece alguma criança ou adolescente que é vítima de alguma violação dos direitos citados anteriormente, denuncie!

            3a83088b126f44cd80335113145a7977

            As ligações para o Centro de Valorização da Vida (CVV) passam a ser gratuitas no Rio Grande do Norte através do número 188. Pelo número, os cidadãos têm acesso a apoio em momentos de crise e ajuda para prevenção ao suicídio. A gratuidade da ligação é resultado de um convênio com o Ministério da Saúde.

            Além do telefone 188, os atendimentos do CVV podem ser feitos também por e-mail, chat e voip 24 horas todos os dias e nos 87 postos de atendimento.

            De acordo com o CVV, foram realizados 2 milhões de atendimentos em 2017. Atualmente a média nacional de suicídio no Brasil, em todas as idades é de 5,5 por 100 mil habitantes. São, em média, 11 mil pessoas que tiram a vida por ano no Brasil.

            O Centro de Valorização da Vida é uma associação civil sem fins lucrativos que trabalha com prevenção ao suicídio, por meio de 2.400 voluntários. Os voluntários não são necessariamente formados em psicologia, mas recebem uma capacitação de 40h. As chamadas acontecem em total sigilo, em um espaço de escuta acolhedor e seguro e que alivia a ansiedade e o desespero.

            3a83088b126f44cd80335113145a7977

              A Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante, representada por seu presidente, Raimundo Mendes (PMB) e pelos vereadores Thiago Soares (PTC), Pastor Edmilson (MDB), Valda Siqueira (PR), Gerson Bezerra (PRB), Rayure Protásio (PR) e Adelson Martins (PV), esteve em evento nesta quarta-feira, 11, para conhecer a infraestrtura da Teleperformance do município.

              A visita, solicitada pelos vereadores, serviu para que eles colhessem informações sobre a demanda de contratações de funcionários são-gonçalenses. De acordo com a lei de incentivo de São Gonçalo, é necessário que 60% dos empregados de uma empresa sejam originados do município. Todavia, os parlamentares constataram que a Teleperfomance, apesar de funcionar há mais de três anos, contém apenas 25% de contratados são-gonçalenses.

              O Prefeito Paulinho Emídio (PR) e o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Fernando Fernandes, também marcaram presença para reforçar a necessidade de uma aumento de empregados sãogonçalenses. Eles foram ouvidos pelo presidente da Teleperformance do Brasil, Fabrício Coutinho.

              Com a ajuda da Câmara Municipal e da Prefeitura de São Gonçalo do Amarante, estão sendo feitos trabalhos de especialização para que os cidadãos se aperfeiçoem em seus ofícios por meio de cursos disponibilizados pelo Executivo. Nesta semana, após ter sido fechado um contrato com a empresa Netflix, mais 50 funcionários de São Gonçalo foram contratados.

              Zenaide Maia em audiência com artesãs

                No fim da tarde desta terça-feira (10), no plenário 15 da Câmara dos Deputados, a deputada federal Zenaide Maia participou da reunião da Frente Parlamentar Mista do Artesão e Apoio ao Artesanato Brasileiro. Em pauta, a regulamentação da Lei 13.180, sancionada e publicada no Diário Oficial da União em 2015.

                Durante a reunião, a deputada questionou a regulamentação da Lei 13.180, que define o artesão como “toda pessoa física que desempenha suas atividades profissionais de forma individual, associada ou cooperativada”.  Além disso, a parlamentar discutiu o incentivo financeiro para os cerca de 10 milhões de artesões, que geram renda para o país.  “Vamos cuidar de regulamentar a Lei, ver também a questão da aposentadoria e que os parlamentares também tenham investimentos para classe através de emendas”, defendeu Zenaide Maia.

                Estima-se que cerca de 10 milhões de artesãos serão beneficiados com a nova Lei, segundo o IBGE, esses profissionais movimentam cerca de R$ 50 bilhões por ano. Ressalta-se que com a regulamentação da profissão, o artesão passa a ter garantidos direitos trabalhistas já assegurados a outras categorias, como 13º salário, férias, FGTS, INSS e outros. Outra opção para o artesão que não seja empregado é a de inscrever-se como Microempreendedor Individual (MEI).

                JRS_1913

                  Na manhã desta quarta-feira (11) o prefeito Paulo Emídio (Paulinho) assinou mais uma ordem de serviço para calçamento. Desta vez, a rua Cristo Rei, localizada no loteamento São Carlos, em Santo Antônio do Potengi, foi a contemplada. Ao todo serão calçados mais de 2 mil metros quadrados.

                  “O calçamento é uma obra que envolve saúde, segurança e mobilidade. Estamos calçando e recapeando diversas ruas no município, realizando também um sonho antigo desses moradores. A empresa contratada afirmou que na segunda-feira (16) a obra será iniciada”, ressalta o prefeito.

                  Ana Virginia, moradora da rua contemplada ressaltou a importância da obra. “Eu tenho uma filha com necessidades especiais e sem o calçamento fica difícil transitar por aqui com a cadeira de rodas. Sonho com isso há 17 anos”, afirma.

                  O valor total da obra é de aproximadamente R$ 88 mil reais, com recursos do Governo Federal e contrapartida da Prefeitura Municipal.

                  Captura-de-Tela-2017-03-09-a`s-08.12.10

                    Mostrando humildade o médico Bernardo Amorim falou que não tinha problema, pois estava debaixo de uma planta e fazendo o que gosta.

                    O Médico Doutor Bernardo, fez parte do seu atendimento na cidade de Umarizal, nesta terça-feira, 10, sentado na calçada de um posto de saúde. Motivo, o posto estava fechado e só abriria às 14hs. Sabe o que ele falou? “não tem problema estou debaixo de uma planta e fazendo o que gosto”.

                    3a83088b126f44cd80335113145a7977

                      Com o objetivo de promover a integração social e a prevenção da marginalidade e violência contra crianças e adolescentes, a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante/RN, através da Secretaria Municipal de Educação (SME), renovou o Termo de Cooperação junto a Marinha do Brasil para a execução do programa “Segundo Tempo – Forças no Esporte”, que incentiva a integração social, valorização da cidadania e a permanência em atividades físicas, na esportividade e no lazer.

                      Aproximadamente 320 alunos de oito escolas públicas do município participam das atividades esportivas, que incluem futebol, atletismo e basquete, além de aulas de reforço escolar realizadas duas vezes na semana, com acompanhamento de assistentes sociais, psicólogos, pedagogos e educadores físicos – todos contratados pela Prefeitura Municipal. As crianças e adolescentes também são beneficiados com duas refeições diárias: no turno matutino, café e almoço; e no turno vespertino, almoço e lanche.

                      As atividades são realizadas na Estação Radiogoniométrica da Marinha em Natal (segundas e quartas-feiras) e no Grupamento de Fuzileiros Navais (terças e quintas-feiras), sempre no turno contrário ao das aulas escolares. A programação iniciou em março e o cronograma segue até o mês de dezembro, incluindo palestras e passeios com orientações psicocultural.

                      O Forças no Esporte

                      O Programa Forças no Esporte (PROFESP) é uma vertente do Programa Segundo Tempo do Governo Federal, desenvolvido pelo Ministério da Defesa, conveniado com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e o Ministério dos Esportes.

                      O programa democratiza o acesso à prática e à cultura do esporte e promove o desenvolvimento integral de crianças e adolescentes, oferecendo atividades esportivas educacionais, lazer e atividades complementares. Além disso, também oferece uma alimentação saudável e de qualidade, reforço escolar, ações cívico-sociais, palestras e campanhas educativas, orientações de civismo, de cidadania e desenvolvimento de habilidades profissionais.