PAULINHO BAND

    O prefeito de São Gonçalo do Amarante/RN, Paulo Emídio (Paulinho), voltou a defender um pacto federativo que descentralize recursos e inverta a atual concentração, maior parte, dos recursos na União. A declaração foi dada durante entrevista na Band Natal, nesta quarta-feira (20).

    Convidado para falar sobre os novos investimentos públicos e privados no município, anunciados pela prefeitura na última segunda-feira (18), Emídio também foi questionado pelo jornalista Diógenes Dantas sobre as últimas declarações do ministro da Economia Paulo Guedes em repactuar os recursos.

    O prefeito foi enfático. “Um novo pacto federativo é urgente. Precisa ser rediscutido. Não existe país desenvolvido com o pacto federativo do jeito que está, no qual apenas 18% do que é arrecado fica nos municípios, 24% vai para os estados e 58%, na União. É na cidade onde as pessoas nascem, crescem e usam os serviços públicos, a educação, saúde, assistência social, transporte público e até auxílio funeral”, pontuou.

    Novos investimentos

    Na segunda-feira (18), o prefeito promoveu o seminário “São Gonçalo da Oportunidade – É hora de novos investimentos”, na unidade do Sesi do município, onde fez balanço da sua gestão, marcada por inaugurar uma obra por semana, e anunciou novos investimentos públicos e privados, com presença da governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra.

    Estrada da produção, reurbanização da entrada da cidade, saneamento básico, hospital geral, marginal da BR 406, uma via ligando o bairro Guarapes ao aeroporto internacional e o gancho de Igapó estão dentro do planejamento com recursos públicos. No privado, empresários da área imobiliária, têxtil e de call center também anunciaram novos empreendimento na cidade.

    comentarios